14 de maio de 2007

Meu primeiro Dia das Mães

Eu sabia que só deveria passar por aqui quando o Dia das Mães tivesse passado...

Sabia que choraria feito criança e mãe, ao mesmo tempo!

Quisera eu que cada um, homem ou mulher, pudesse sentir 1/4 do que é o "amor de mãe" antes de deixar de ser apenas filho...

É um amor que dói de tão grande! Que te dá forças pra ser leoa, quando você queria ser apenas um filhote de gato...

É ver o seu corpo mudando dia após dia: o aumento de peso, os vasos que estouram fazendo um mapa na sua perna, são as estrias que aparecem, ah são tantas coisas...

Ao mesmo tempo você agradece a Deus ao ver cada uma dessas marquinhas aparecendo!

É um sentimento tão louco, que ao invés de pedirmos para não sentir as dores do parto, oramos apenas para suportá-las!!!

É sentir dois corações batendo ao mesmo tempo, em frequências diferentes e, para depois de um tempo, você ter o dono daquele segundo coração nos seus braços!

É não saber segurar um bebê, é não saber trocar fraldas, é não saber se terá leite o suficiente pra alimentar o teu filho, e ainda assim ter a coragem de enfrentar todos os seus medos!

É pedir que o resfriado venha pra você...

Que as cólicas passem dele pra você, como se fosse mágica, só pra não vê-lo sentir dores que você sabe que são normais e que fazem parte do amadurecimento daquele corpinho...

Enfim, é a "dor" de nascer como uma nova pessoa, pra depois parir um novo ser!

Abençoados sejam todos os medos, já que todos são superáveis!

Abençoadas sejam todas as dores, já que todas são suportáveis!

E que, acima de tudo, todas as alegrias sejam bem vindas!

Que Deus abençoe a sua chegada e que ela seja plena e transbordante de alegrias e bençãos!

Te amo!

4 comentários:

Van disse...

Sabe quando vc quer dizer várias coisas e ao mesmo tempo não consegue organizar em palavras os sentimentos???
Fiquei assim depois de entrar aqui...
Tds os medos, dúvidas e incertezas serão infinitamente menores do q a tua força qdo o Augusto estiver em teus braços...ser mãe é um presente de Deus, apenas viva intensamente por essa benção, pois com certeza Ele estará ao seu lado para auxiliar sempre q precisar...
Parabéns Mamãe!!!!
Amo mt vcs...

l' excessive disse...

Oi, lindinha!
van tem razão. Nada tens a temer. Qdo. ele chegar saberás exatamente o que fazer.
Beijo pra vocês

Layla disse...

Ai que lindo... como sempre! Que honra e privilégio ver meu bloguinho citado aqui, entre as palavras dessa mãe tão doce.
Um beijo imenso à toda a família, minha querida!
:)

Big Daddy Big Head disse...

É verdade!

Igual será no Dia dos Pais .... são tantos sentimentos...

Sentimento de enxaqueca de tanto beber a vinda do Augustinho;
Sentimento de perda ao não encontrar o rumo de casa comemorando a vinda do Augustinho;
Sentimento de arrepio ao entrar no chuveiro gelado para tentar passar a bebedeira para que a CruzCredoMãe não descubra;
Sentimento de .....Só Sentimentos....rssss....

E que você tenha muitos outros, infindáveis, dias das mães junto com toda a CRUZCREDOFAMILY.